Construindo confiança

Nós fazemos melhorias constantes em nossos testes desde 2008.

Estamos constantemente melhorando nosso teste desde 2008 até o nível em que estamos hoje, que acreditamos ser o teste científico sem IgE de maior qualidade disponível em qualquer lugar do mundo. Você não precisa acreditar só nas nossas palavras, então aqui estão alguns dados para respaldar nossa crença.

O equipamento

Nós realizamos o teste em um equipamento médico de classe 11a, de acordo com a ISO EN 13485. Outros equipamentos médicos da classe 11 incluem máquinas de raios X, equipamentos de ultrassom e equipamentos de radiologia.

Utilização do equipamento

O mesmo equipamento é utilizado por hospitais chineses, o projeto espacial russo, mais de 7000 profissionais de saúde na Alemanha, Áustria e Suíça. Também é utilizado por times esportivos profissionais e equipes olímpicas.

Teste capilar

O teste capilar foi descoberto há mais de 25 anos, quando estudos científicos mostraram que o cabelo era como uma gravação em fita, sendo estável e incorporando permanentemente os dados no cabelo. O teste capilar é atualmente utilizado com frequência nos campos de teste de drogas, ciência forense, análise nutricional e mineral e teste de hormônios. Os cientistas enxergam a análise capilar como uma das áreas mais interessantes para o desenvolvimento, pois as amostras e os resultados duram muito mais tempo, e também por ser não invasivo e acessível a todos. Avanços recentes incluem a análise capilar no tratamento de fertilização in vitro.

O teste

Nós desenvolvemos e melhoramos nosso teste desde 2008. Nesse tempo, realizamos mais de 250 mil testes em 26 países ao redor do mundo. Nós temos mais de 180 parceiros, que incluem profissionais de saúde e clínicas respeitadas. Nós fomos os primeiros a oferecer 100% de garantia na restituição do dinheiro caso não fique completamente satisfeito com o teste e os resultados, e temos orgulho em anunciar que nossa taxa de satisfação em 2016 foi 99,6%.

A análise capilar é aprovada no mundo inteiro, inclusive pela FDA, e é vista como uma alternativa séria ao teste sanguíneo.

Você sabia?

A pesquisa científica sobre essa tecnologia pode ser datada a partir de 1923.

SAIBA MAIS

A ciência

A pesquisa científica dessa tecnologia pode ser datada a partir de 1923, além do trabalho de um cientista russo chamado Alexander Gurwitsch.

Apesar de a pesquisa continuar sendo feito, a maior descoberta foi feita com o trabalho do médico alemão Dr. Franz Morrell nos anos 70.

O uso da tecnologia e a pesquisa científica continuam crescendo ano após ano. Nós anexamos à direita alguns dos últimos estudos e artigos científicos dessa tecnologia e também sobre o aumento mundial de alergias e intolerâncias.

Documentos de suporte

Estudo de revisão por pares de todas as pesquisas sobre o trabalho em alergias:

O aumento mundial de alergias e intolerâncias:

A ligação entre dieta e alergias:

Biofísica e bioquímica:

Padrões de consumismo:

Descubra mais sobre nossos testes. É fácil encomendar o seu hoje mesmo.

ENCOMENDE AGORA

10% de desconto